Usina Cooper-Rubi contrata mais de 500 funcionários para a safra...

A safra 2020/2021 da Cooper – Rubi começou e para atender toda a demanda do campo e da indústria, a usina localiza   em  Rubiataba, contratou mais mão de obra. Ao todo foram 566 novas contratações, com destaque para áreas industrial, rural - como  motoristas e operadores, além de trabalhadores rurais.  Assim, atualmente quase duas mil pessoas atuam na usina, seja no campo, no administrativo ou na indústria. 

Preocupada com a comunidade em que está inserida, a Cooper –Rubi empregou pessoas de Rubiataba e região. De acordo com o Sindicato da Indústria de Fabricação de Etanol em Goiás (Sifaeg), nos municípios goianos onde as usinas sucoenergéticas estão instaladas, o Índice de Desenvolvimento Humano ( IDH) chega a ser 50% superior ao do restante do Estado.


"Oferecer vagas para população local é muito importante para comunidade e para a empresa. Ambas se fortalecem e geraram resultado cada vez mais significativo para a economia do Estado de Goiás. Possibilidades de alavancagem do desenvolvimento local - tanto social, quanto económico também são consequências da empregabilidade local", afirma a coordenadora do RH da unidade, SBetânia Brito.

 A fase de contratação para a safra foi concluída. E as atividades já iniciaram a todo vapor para mais um ano de produção com excelência.


Cuidados


Devido o atual cenário de prevenção contra a Covid-19, todos os treinamentos ainda serão programados para quando a situação epidemiológica permitir, obedecendo o distanciamento social recomendados pelo  Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde. A  previsão é que as atividades educativas e formativas  sejam realizados gradativamente sem comprometer a política de enfrentamento a pandemia  proposta como forma de conter o avanço da doença.


Números


A safra começou em meados do mês de abril e a expectativa é moer 1,8 milhão/toneladas de cana-de-açúcar. Com a produção de 63 milhões de litros de etanol e produção de 2.860.000 sacas de açúcar.